1 2 3 4 5 »
“Se o mundo ta uma merda, ela me faz sentir culpado.”
— Start.

“Pois em caso de menino de rua, o último a dormir apaga a lua.”
— Criolo.

“Mas sabe nega, carência mata a gente, isso não da pra negar.”
— Start.

“Fui seguindo o brilho do olhar, assim seguei, até me entregar. Pra você foi tão fácil chegar. Você representava o que eu queria acreditar. Durou tão pouco toda gentileza, você sustentou a mascara com destreza. Depois na torre me tratou como uma princesa, trancou, jogou a chave fora, pra minha surpresa. Vivia um pesadelo, e eu queria acordar, amanhecia, e a noite demorava a chegar, nem assim eu deixei de sonhar, fechava os olhos e me imaginava em outro lugar. Despertava com os seus gritos e ameaças, você quebrando as maçanetas e vidraças, seu ciumes a tempos não tinha mais graça. Foi tanto sentimento, mas a dor ultrapassa.”
— Lívia Cruz. (via focononacional)

Você que é de São Paulo, gosta de rap pesado e bolado, encosta na Praça Roseevelt no dia 28, às 19:30. Só colar. Vem que ta tenu.

“E a cada mil metros, alguém morre de frio. E a cada cem metros, alguém morre ferido. E cada dez metros, alguém come um lixo. E a cada segundo, uma revolta por tudo isso.”
— Criolo.

Você que é de São Paulo, encosta na Fábrica da Cultura domingo às 15h que vai ter show do Rashid gratuito. Vai rap.

“Ja sofri, ja ganhei, aprendi, ensinei. Tentaram me sufocar, mas eu respirei.”
— Karol Conká. (via focononacional)

“Piscou, moscou. Nasceu mais um monstro.”
— Thiagão.  (via focononacional)

“Me dá a mão, larga a solidão e vamos até o fim.”
— Start.  (via focononacional)

“Tô correndo atras do que tem que ser meu… Tô indo aí pra te buscar.”
— Sérgio Dall’orto. (via focononacional)

“Mas quem não tem nada, vai ter medo do que? Ai que eu acordei pra perceber, que quem nunca apanhou dessa vida, também não sabe se defender.”
— Rashid. (via focononacional)

“A fé é o que me trás força pra lutar pra sempre.”
— Flora Matos. (via focononacional)

“Quem vem de lá já nasce com alguma culpa, quem vem de lá já nasce pra disputa. Eita lugar que tem filho da puta. E povo cego que não se escuta.”
— Sérgio Dall’orto. (via focononacional)

“Tem tanta gente procurando paz, mas no lugar errado. Tanta gente procurando amar, mas não é amado. Tanta gente que quer ser feliz e acha complicado. Tanta arte, genialidade, deixada de lado.”
— Liink.  (via focononacional)

THEME